Toxidade Genética associada à Região Hidrográfica do Guaíba através de bioensaios de curta duração

Esse estudo refere a urgente necessidade de se avaliar os riscos genéticos impostos pelos resíduos decorrentes da ação antrópicas sobre os ecossistemas.

Nele, a autora afirma que a alta concentração dos dejetos de origem urbana e industrial lançados na área da  Região Hidrográfica do Guaíba é um dos principais problemas ambientais da região, trazendo evidenciados por esgotos domésticos, resíduos industriais, lixo domiciliar e poluição do ar por fontes industriais e veiculares.

*Amaral, Viviane Souza, Toxidade Genética associada à Região Hidrográfica do Guaíba através de Bioensaios de Curta Duração. Tese de Doutorado apresentada como requisito parcial à obtenção ao título de Doutor Ciências. UFRGS 2005. P 44

Deixe uma Resposta